Entre os 17 e 18 anos, a maioria das pessoas se depara com um dilema: Que carreira seguir? Qual curso universitário escolher? Humanas ou exatas? Ou quem sabe um curso técnico? Afinal, qual caminho seguir? A fase é de transição, saindo da adolescência e entrando na fase adulta, as responsabilidades e decisões a serem tomadas aumentam. A escolha da carreira a ser seguida é decisiva, irá determinar os rumos da sua vida nos próximos anos, uma decisão errada poderá comprometer seu tempo e suas expectativas. Alguns fatores devem ser levados em conta ao escolher uma profissão, como: conhecer a si mesmo, suas próprias habilidades e capacidades, e ainda ter o conhecimento do mercado de trabalho e sobre desenvolvimento da carreira a qual tem interesse. A Ação Positiva está aqui para ajuda-lo neste processo, que está inserido um psicodiagnóstico com fins de avaliar dois pilares fundamentais: Aptidão e Interesse e depois um acompanhamento para maturação e desenvolvimento de todas as áreas da pessoa
avaliada, onde após este processo terá definido qual área que tenha interesse e aptidão para tal.
Ora, se é algo que a pessoa gosta e possui as habilidades, conhecimento e maturação para exercer, trabalhará com gosto, motivação e será um excelente profissional, um profissional realizado.